Estudando o Espiritismo

Observe os links ao lado. Eles podem ter artigos com o mesmo tema que você está pesquisando.

sábado, 16 de julho de 2016

Façamos aos outros o que queremos que os outros nos façam

Façamos aos outros o que queremos que os outros nos façam














O mandamento: Façamos aos outros o que queremos que os outros nos façam resume todos os nossos deveres para com nosso próximo e baseia-se na mais rigorosa justiça.

Nós queremos que os outros nos façam o bem; por isso é nossa obrigação fazer-lhes o bem.

Gostamos de ser ajudados; sejamos os primeiros a ajudar.

Quando nós erramos procuramos ser desculpados de nosso erro; do mesmo modo que precisamos desculpar os erros que os outros cometem.

Queremos ser tratados com delicadeza; tratemos também os outros com delicadeza. Não queremos que os outros nos ofendam; por isso não devemos ofender os outros.















Na escola estimemos os nossos colegas e façamos por eles tudo o que desejaríamos que eles nos fizessem.

Quando tivermos que trabalhar nas fábricas ou nas oficinas; nas lojas ou nos escritórios; nos campos ou nas cidades, nunca recusemos um auxílio, um favor, uma ajuda a nossos companheiros de trabalho; porque muitas vezes precisaremos deles.

Não desejemos para os outros o que não queremos para nós.

Antes de praticarmos alguma ação contra alguém, façamos a nós mesmos a seguinte pergunta: gostaria eu que alguém me fizesse o que vou fazer a este meu próximo? Então nossa consciência nos responderá se estamos agindo bem ou se estamos agindo mal.


Fonte: Catecismo Espírita, de Eliseu Rigonatti